As Ideologias do Mal – Memórias de um polaco na cátedra de Pedro

João Paulo II, 1993 – Que lição podemos então aprender daqueles anos dominados pelas “ideologias do mal” e pela luta contra elas? Penso que, antes de mais nada, devemos aprender a ir às raízes; só assim o mal causado pelo fascismo ou pelo comunismo poderá de algum modo enriquecer-nos, levando-nos ao bem, como requer sem dúvida o programa cristão: “Não te deixes vencer pelo mal; vence antes o mal com o bem”. . . .